sexta-feira, 19 de março de 2010

À noite esta quente, mais mesmo assim parece que vai chover, lá fora todos falam em voz alta e dão altas risadas, são exatamente 18:53. Esta tudo estranho percebo que as coisas mudaram, ou talvez eu mudei! Olho pra traz e escuto barulhos sobre a janela talvez começasse a ventar um vento frio e tão der repente, vou olhar, e vejo estrelas! Uma brilha tanto e ao lado dela está outra brilhando mais ainda! Talvez sejam vocês, que vieram me visitar! Pequenas tão pequeninas, distantes tão distantes! Então eu saio e me olho ao espelho e vejo que o tempo realmente passou, há anos eu era só uma criança e tinha bens tão preciosos ao meu lado, as lagrimas lentamente escorrem sobre meu rosto cansado. Vocês poderiam voltar gritando e pulando, latindo sorrindo! Eu sei essas feridas nunca vão se curar e em cada segundo desse relógio eu sempre vou olhar imaginando que em cada momento vocês iram voltar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário