quarta-feira, 14 de julho de 2010

Eu lembro (...)

Como em um dia triste, como em uma noite mal dormida! (...)
-Lembro de quando eu dizia coisas que não queria e logo me arrependia, lembro das nossas conversas, discussões e palavras de carinho, eu lembro de quando eu falava e você me escutava e das vezes que eu tentava falar e você não me ouvia! Passei dias sem dormir, passei horas tentando entender, até parei de comer! Foi tudo tão rápido que eu não me dei conta o quanto eu sofri, Mais eu fui aprendendo, que o amor só rouba o seu tempo, que o outro não precisa só de você, que o significado da palavra sofrer tinha alguma coisa a ver com a palavra amor, eu aprendi que nada é para sempre e que tudo pode ser simplesmente inesquecível, tudo tem sua parte boa, mais tudo que é bom tem um fim! e o meu eu quero que seja inesquecível (...)

6 comentários:

  1. E quem não quer que tudo seja inesquecivel? Pena que são feitas de início, meio e fim... Então, que seja finito enquanto dure!

    ResponderExcluir
  2. Que texto maaais lindo. *-*
    Você é um fofo! :D

    Um beijão!

    ResponderExcluir
  3. Impossível esquecermos...então, enquanto EXISTIR, aproveite ao máximo!Seja sempre FELIZ!

    beijos com carinho meu!

    Bia

    ResponderExcluir
  4. amar realmente nao e facil,sempre com texto lindos bjs

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, esse é o amor, uma mescla de sentimentos, dúvidas e emoções, as vezes o desejamos, as vezes preferimos a distância, mas sempre nos tira o sono, seja na despedida ou no encontro! Uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  6. Tu arrazaaa na escrita Gurii !! adorei!! =)

    ResponderExcluir