domingo, 29 de agosto de 2010

Saudades (...)


Seu ultimo abraço, seu ultimo beijo, seu ultimo olhar mesmo de assustado, você, uma noite, uma rua estranha, muita gente! um beijo ou o primeiro, trocas de olhares, palavras de carinhos, um medo, e agora? Saudades (...)
Os últimos minutos, olhar para traz, ti ver partindo, quilômetros, coração partindo seguindo um caminho, tão longe tão perto, um ponto de ônibus, uma estrada, um lugar! você, eu! um certo tempo (...)


3 comentários:

  1. saudades é bom...para o reencontro!
    Uma boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá conheci hoje o seu blog e acho-o encantador. Voltarei sempre, abraço

    ResponderExcluir
  3. Um poeta disse que é doce a arte de se despedir.

    Ah, poetas!

    ResponderExcluir