domingo, 7 de novembro de 2010

Desabafo.




Meu radio velho sobre aquela mesa toca as musicas que me fazem relembrar de coisas! Aqui estou, sozinho ou acompanhado da solidão, sobre o canto de um quarto quente, fazem uns 27 graus, lá fora todos estão se divertindo, namorando, e eu aqui me lamentando, talvez eu não nasci pra ser feliz, ou a minha hora ainda não chegou. E com o radio ligado eu vou indo pra longe, tão longe em pensamentos! E eu já não preciso mais falar nada, qualquer palavra será desnecessária, e a cada canção já expressa o que eu sinto. O Radio não para, o barulho está alto, tão alto que eu já não consigo mais escutar meu coração.


''Pois não dá pra encontrar
Conforto em outro lugar
Que não seja aqui
Dentro de mim, sem ninguém''

Fresno -Impossibilidades.



Hugo.R.Dorta

2 comentários:

  1. Estive passando por essas questões também, meus últimos posts, revelam isso...e eu me pergunto: Quando será minha hora de ganhar? -estou cansada de perder...rs!
    Mas descobri que muitas vezes não ser a escolha de alguém, não significa derrota...e sim não era o momento pra viver tais experiências.
    "Viver é se dar sempre uma próxima chance".

    Blogbeijooos, uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Mas a felicidade não é o ponto final de uma vida ou relação. Tampouco é o trajeto que a gente faz em direção ao ponto máximo. Felicidade é o começo, o start, é dela que a força nasce pra podermos caminhar.

    Saia, namore e exerça sua felicidade, Hugo!

    ResponderExcluir