quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Partir.

-Lentamente meu coração bate agora, e nesse ultimo suspiro eu espero o sinal da morte, e pra onde eu for por aqui eu deixarei as minhas marcas, Saudades talvez não seja a palavra certa, e durante todo esse tempo eu aprendi pequenas coisas no que hoje não fazem sentido, e quando eu sorria e fazia brincadeiras discretas todos viam o cara feliz, o cara que nunca existiu, e no meio dessa solidão irei partir deixando para traz o desejo de ter um alguém, um alguém que chore por mim!


Hugo.R.Dorta.

2 comentários:

  1. Ir, ficando.
    Impacto agudo do cotidiano que fecha porta, deixando sozinha toda comunhão.

    Beijos meus.

    ResponderExcluir
  2. Ô, meu amigo, você terá alguem que te faça feliz e que chore por você, com certeza. A solidão não é opcional, mas o sofrimento por ela, sim, é opcional!

    Sempre haverá coisas que o complete, você vai achar! *-*

    Um enorme abraço, se precisar, estarei sempre aqui. =D

    ResponderExcluir