sábado, 11 de dezembro de 2010

Eu sou.

Não me julgue por não ser igual, Carrego a verdade aqui no olhar, no olhar (♪).

-Posso não ser tudo que quero ser, mais posso me tornar melhor a cada dia, Não sou tão bom para ganhar um guerra, mais sou bom o suficiente para lutar pelo que seja realmente meu! Não sou mal, mais posso ser, depende de você e de meu humor! Não quero fama nem dinheiro só quero o suficiente pra ser feliz, E seja como for e com quem for! Pra me conhecer é simples, para me entender que é complicado, Sou a comedia e o ódio, sou o terror e o romance, posso ser tudo mais não serei melhor pra te agradar...
-Sou assim, sou dia sou noite, sou amor sou paixão, sou o casal separado, sou o ultimo capitulo da novela, sou saudade, sou alegria, de tudo sou um pouco, e das novelas o protagonista, e dos filmes o assassino, sou a palavra contra a prova, eu sou aquele que um dia te fez sorrir e aquele que um dia você esqueceu.
Hugo R. Dorta.

Um comentário:

  1. Pois continue SENDO, menino bonito!

    Você é uma gracinha ssim...inteiro...

    beijocas!

    Bia

    ResponderExcluir