sexta-feira, 14 de janeiro de 2011


-Eu sempre pensei em desistir, nunca fui forte o suficiente para enfrentar muitas situações, tive que fazer escolhas onde não seria escolhas, fui julgado mais me permaneci de pé, amadureci anos em dias, sofri por não ter um abraço, chorei por não ser amado da forma que queria, ouvi coisas absurdas, pensei em suicídio mais seria muito doloroso, e como em cada ato a sua conseqüência em cada dia a uma nova esperança, deixei ao tempo os problemas, e ainda espero a solução para cicatrizar e me encorajar a aceitar ser quem eu sou.

Hugo.R.Dorta

Nenhum comentário:

Postar um comentário