sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Meu desejo.

Ele não é assim como os outros, ele sabe ser diferente de uma forma estranha e paranormal, ele me olha com um olhar sedutor, suas sobrancelhas são todas desenhadas e seus olhos castanhos bem claros sempre penetram aos meus escuros, sua boca carnuda que me chama de leve com sede, sua voz que já se tornou musica para mim, diferente estranho e paranormal aquele frio que ele me faz sentir, é como estive me tocando de leve, subindo pelo meu corpo me beijando por inteiro com aquelas mordidinhas gostosas, as vezes chego até sentir as mãos deslizando sobre mim, ele me faz sentir coisas estranhas como se estivesse dentro de mim e me fizesse pensar em você, seria mais fácil eu fujir antes que seja tarde o suficiente para eu me jogar em você e fazer coisas extremamente perigosas e mas que paranormais, coisas sedutoras e quentes, começando por sua camisa de gola xadrez e com botões, tirando um a um nos dentes, passando as mãos sobre seus peitos e deslizando sobre seu corpo todo definido e com curvas paranormais, seria perigoso e quente demais para eu aguentar e seria difícil eu resistir de te abusar constantemente, como se você fosse o meu maior pecado, aquele não cometido e até impossível de acontecer, você me seduz, me faz gozar te olhando, acende meus desejos, me faz te querer, me faz te imaginar e está conseguindo fazer me apaixonar.

"Hugo.R.Dorta"

4 comentários:

  1. Muito apropriado para sexta-feira, eu te amo, você é meu poeta favorito, eu sou seu fã, boa noite!

    ResponderExcluir
  2. É tudo que mais precisamos: tocar, ser tocado; amar, ser amado; sentir que estão se entregando de corpo e alma, e se entregar simultaneamente - é dividir o amor, e explorá-lo da melhor forma.

    Lindo texto, parabéns.
    Um enorme abraço. :D

    ResponderExcluir
  3. Meninu, que texto fofo, até esquentou aqui, adorei. Abraços.

    ResponderExcluir