domingo, 20 de fevereiro de 2011

Desabafo. "Um dia de depressão"

Já não sabia mas, meus olhos não enxergavam as cicatrizes gravadas em meu corpo, eu só queria um tempo para fujir de mim, olhar com outros olhos e disfarçar com a imagem da pessoa feliz. Por fora eu era forte, fazia piadas, contava historias bizarras, por dentro era triste, sozinho e não tinha ninguém! Mas nunca fiz questão de reclamar, só meus textos e poemas rabiscados em meu caderno eram minha unica forma de dizer o que eu sentia de verdade, mas meus problemas nunca foram tão graves assim, talvez foi eu mesmo que os compliquei, mas eu nunca quis se sentir assim, um lixo, ou um ser talvez diferente, e a sociedade já não me convence com a palavra aceitação, e eu já não entendo essas duvidas que corroem e me destrói a cada dia, eu era fraco por dentro, mas afinal ainda sou, só tento disfarçar, já meus amigos ou seja se ainda tenho amigos, eles não me ouvem, e também nem quero que me ouçam, eles acham que os problemas deles são piores, tipo: "sofrem por amor, largam, voltam, são traídos.." E eu que não tenho nem que me traia e diga coisas tipo "eu te amo", na verdade não tenho problemas, talvez o problema seja eu mesmo, tento mudar e acordo com um enorme "bom dia" faço tudo que me agrada, dou altas risadas, falo o dia todo, a noite vem e comigo volta aquela solidão estranha que me faz se sentir um nada, um sem ninguém. Talvez um anuncio no jornal: -Procura-se um amor? "Que saiba amar, e que não pense só em sexo". Viver não é complicado, sonhar é complicar a vida, a vida é feita dos sonhos, os sonhos são a base da conquista, e só é feliz aquele que tem "amor".
Afinal a vida só está começando.


Hugo.R.Dorta


sábado, 19 de fevereiro de 2011

Já não sei de mas nada!

E quando você passa a perceber, que o certo pode estar um pouco longe de ser seu, mas a distância é apenas um obstáculo que o futuro não enxerga.
São poucas palavras que definem essa confusão que me leva a essa loucura de querer saber quem eu sou, é como se sua voz em apenas 5 minutos despertasse o desejo de querer saber, ou entender, mas quem eu sou já não sei mas nem dizer, mas o que eu vou ser é seus olhos que dizem, e a cada mensagem, ligações, dias, meses, sem comunicação alguma é como se você não existisse e sim me fizesse existir, Pois eu sei que eu ainda sou forte, pois só os fortes choram, só os fortes tem duvidas, e são eles que se apaixonam.
Já não sei o que sinto, mas sei que não é normal.
Só liguei para saber como você está?
Não sei, queria você aqui, talvez eu saberia!


Hugo.R.Dorta.


sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Os fracos vencem.

-Já não gosto mas das mesmas coisas, até os dias de sol já não tem mas sentido, e a cada manhã minha unica força para continuar e a vontade de vencer meu próprio medo, como se a cada obstáculo eu me torne mas forte, e a cada derrota eu afunde mas em minha depressão constante. Procuro ser positivo e pensar que tudo é apenas passageiro, assim como a felicidade a solidão é escolha e tem seu tempo necessário para nos fazer enxergar a vida com outros olhos, dizem que penso apenas o lado ruim das coisas, mas não, sou apenas realista, não dramático, dramático não é aquele que reclama por pequenas coisas da vida, e sim aquele que nem luta para supera-las.
-E tudo é passageiro e a vida nos espera lá fora, e só vence os fracos pois os fortes sempre contam com a vitória antes do fim do jogo.


Hugo.R.Dorta.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Você me completa, mesmo sem existir.

E são as poucas palavras que tornam os sentimentos verdadeiros, são aqueles sorrisos tímidos e sem graça que nós dão paz, e os olhares sedutores que nós fazem tremer, e quem é que nunca sentiu algo que não consegui explicar? é como se o tão pouco seja muito quando temos alguém só para dizer poucas palavras e com grandes significados, tipo:
-Eu te amo.
Seria melhor ter alguém para poder completar um sonho mal sonhado, dói mas não é ter um amor platônico e sim não ter alguém para amar e fazer parte de você, tipo te acordar de manhã com uma mensagem qualquer, te abraçar quando sentir medo, te contar aquelas historias idiotas ou até mentirinhas que te fazem rir, arrotar na frente de sua mãe e dizer que está tudo bem, olhar nos seus olhos e dizer que te ama, só se você o beijar, até as brigas seriam legais, alguém para te completar ou apenas que te faça dizer:
-Eu te amo.