sábado, 19 de fevereiro de 2011

Já não sei de mas nada!

E quando você passa a perceber, que o certo pode estar um pouco longe de ser seu, mas a distância é apenas um obstáculo que o futuro não enxerga.
São poucas palavras que definem essa confusão que me leva a essa loucura de querer saber quem eu sou, é como se sua voz em apenas 5 minutos despertasse o desejo de querer saber, ou entender, mas quem eu sou já não sei mas nem dizer, mas o que eu vou ser é seus olhos que dizem, e a cada mensagem, ligações, dias, meses, sem comunicação alguma é como se você não existisse e sim me fizesse existir, Pois eu sei que eu ainda sou forte, pois só os fortes choram, só os fortes tem duvidas, e são eles que se apaixonam.
Já não sei o que sinto, mas sei que não é normal.
Só liguei para saber como você está?
Não sei, queria você aqui, talvez eu saberia!


Hugo.R.Dorta.


Um comentário:

  1. Realmente lindo, adorei, parabéns mais uma vez, percebi que você estava inspirado;)

    ResponderExcluir