quinta-feira, 7 de abril de 2011

Levarei todos na bagagem.


Foram quase 3 anos, lembro daquele nervosismo todo, minhas pernas tremiam e eu quase nem falava, minha timidez sempre foi minha pior inimiga e me impedia de muitas coisas, hoje me deparo como eu mudei e as coisas que eram tão difíceis se tornam tão faceis, talvez eu tenha amadurecido um pouco ou apenas aprendido com algumas lições, agora estou aqui como um bobo qualquer confuso e com medo do amanhã! E comigo levo as melhores lembranças na bagagem, levo as risadas as brincadeiras e levo todos vocês comigo no meu coração (...)
-Sou apenas mais um dramático que chora as escondidas e senti falta do que um dia reclamou, mas acho que estou fazendo o que realmente é melhor para mim, tive que escolher entre um futuro melhor ou uma vida inteira igual, em quase 3 anos aprendi muita coisa e pretendo levar tudo comigo e sempre buscar aprender cada vez mais, é triste despedidas, os abraços são tão bons, não eu não vou morrer, só estou saindo de um emprego para outro, mas não vai ser igual, mas nada dura pra sempre, e como dizem: "Só dura o tempo suficiente para ser inesquecível".
-Sim, confesso, estou chorando, e tenho motivos suficientes para estar muito feliz, acho que só tenho a agradecer a Deus por cada dia, pois só anda acontecendo coisas boas, mas a cada escolha a sua conseqüência, a despedida talvez é uma delas, isso anda doendo, anda me deixando confuso, mas Deus sabe o que faz e minha vida está sobre seus braços...

"Que seja como for, mas seja"


Hugo.R.Dorta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário