sábado, 14 de maio de 2011

Talvez, Falta do amor...



-Por que você era o único que conseguia me fazer sentir assim, tão bobo, e toda vez que me lembro da gente sentado naquela calçada é como se eu nunca tivesse existido e você era o que me fazia existir, eu era apenas mais um bobo, mas eu só estava apaixonado, pode ser que ainda estou, ou não, talvez apenas sinto falta do amor e só quero ser mais um poeta citando você em meus poemas.


Hugo.R.Dorta

Um comentário: