quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Você.


"Poderia falar mil coisas, escrever linhas, parágrafos e poemas de amor imensos, mas não, todas as palavras já não conseguem transmitir o que eu sinto, é como se você fosse a minha vida e eu ainda não tivesse percebido."



(Hugo Roberto Dorta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário