domingo, 15 de dezembro de 2013

Borboletas (...)


Perdi tudo que havia dentro de mim, perdi sonhos, desejos e coisas embaralhadas em meu estomago, eram borboletas, todas deixaram de voar, meus olhos já não brilham mais e não se encantam com sorrisos, cartinhas e mensagens bobas, estou precisando de mais, mais ação, aventura e atitude, alguém que chegue e fique, não alguém que venha e me leve pra longe e me largue por lá, cansei das bobeiras e de me enganar, estou precisando de mais, preciso de adrenalina e de coragem pra não se apaixonar por qualquer bobo que vai me levar a um dia de felicidade e a semanas de tristezas, e sim me entregar a aquele que traga todas as borboletas e dessa vez coloridas para enfeitar todo o meu jardim, traga meus sonhos e uma enorme dose de felicidade dentro de mim.

— Hugo Dorta